Entre amigos

A esta altura não deve ser novidade para ninguém que um dos grandes lançamentos editoriais de 2008 para quem aprecia a beleza do ato de cozinhar é Escoffianas Brasileiras (Editora Larousse) – livro em que meu amigo e colega Alex Atala traça uma quase-autobiografia, pincelada com receitas que vão das mais singelas (como a brouillade de ovos que ele prepara para o filho, Pedro) até algumas das criações cheias de bom gosto e sabedoria que fazem dele um dos nomes mais especiais da gastronomia do Pais.

Blog_alex

Para você que está se perguntando, o simpático título “Escoffianas Brasileiras” é um trocadilho entre as Bachianas Brasileiras – suíte de Heitor Villa-Lobos em que ele desconstrói (e reconstrói de novo, claro) a sonoridade barroca de Johann Sebastian Bach – e o francês Auguste Escoffier, alguém que, tanto quanto Bach na música, redefiniu os rumos da gastronomia e da profissão de chef, no século 19.

Para minha surpresa e alegria, outro dia desses recebi aqui um exemplar com dedicatória e tudo (uau!). O livro é uma delícia, e nem poderia ser diferente, com o conhecimento do Alex e a competência da Carolina Chagas, jornalista de mão cheiíssima e co-autora do Escoffianas.

Assim é que é bom ganhar presente: coisa boa, feita por gente melhor ainda. Obrigada!



Posts Relacionados

  • À mesa com FreyreÀ mesa com Freyre Após ler opiniões e críticas (exaltadas, muitas vezes) dos especialistas presentes na Festa Literária Internacional de Paraty sobre o […]
  • O curioso OlivierO curioso Olivier Ganhei outro dia o livro mais recente do Olivier Anquier, Diário do Olivier: 10 anos de viagem em busca da culinária brasileira (ed. […]