Arquivo | abril, 2009

Panela não é tudo igual!

Bons ingredientes, conhecimento teórico, carinho, a tal da “mão”… tudo é fundamental na hora de cozinhar. Mas que ninguém menospreze a importância dos meios físicos com os quais se prepara um prato, quer dizer, a ferramenta essencial de nós cozinheiros: as panelas. A música de Sergio Reis já pregava: “panela velha é que faz comida […]

Leia o post completoComentários desativados

O curioso Olivier

Ganhei outro dia o livro mais recente do Olivier Anquier, Diário do Olivier: 10 anos de viagem em busca da culinária brasileira (ed. Melhoramentos). Pode parecer pouco mas não é. Se hoje há um monte de programas de culinária disputando espaço na TV, principalmente na fechada, nos anos 90 não era bem assim. O livro […]

Leia o post completoComentários { 5 }

China out of the box

A típica cena dos filmes americanos com o casal atarefado demais para cozinhar comendo desorganizadamente em caixinhas de papelão ajudou bastante a, se não estragar, ao menos deturpar um bocado a imagem que o termo “comida chinesa” tem mundo afora. Pois então, vou te contar uma coisa: na quinta-feira da semana passada as caixinhas de […]

Leia o post completoComentários { 4 }

Do tabaco e do chocolate

No caderno Mais! da Folha do último domingo tem uma entrevista de duas páginas com a autora de um livro que eu achei interessantíssimo, o Sacred Gifts, Profane Pleasures (Dádivas Sagradas, Prazeres Profanos), recém-lançado nos EUA. Nele, a historiadora Marcy Norton, que parece um pouco ranzinza pelo papo com o jornalista, traça um paralelo entre […]

Leia o post completoComentários { 3 }

Aprendendo a comer

A fama (justificada) que os norte-americanos têm de serem a população com os piores hábitos alimentares do mundo é a origem de um fenômeno irônico: é também lá, nos Estados Unidos, que mais se publicam livros que pensam o ato de comer. Alguns anos atrás, o complexo de culpa alimentar dos norte-americanos fez com que […]

Leia o post completoComentários { 5 }

J� comeu hoje?

Apesar da China ainda dizer que Taiwan (ou Formosa, nome de batismo dado pelos descobridores portugueses) pertence a ela, esta pequena ilha funciona como um país independente, capitalista e democrático. Ao longo da história, seu controle já esteve em diversas mãos, começando pelos portugueses e passando por espanhóis, holandeses e japoneses. Mas quando se trata […]

Leia o post completoComentários desativados
Página 1 de 212