O cabo malaio

A Copa do Mundo chegou e todos os olhos se voltam para a África do Sul. Eu, que já abordei o tema por aqui, reuní mais alguns fatos curiosos sobre a culinária daquele país – e principalmente sobre os aromas que emanam da Cidade do Cabo, a mais bela metrópole do continente.

Por exemplo: você sabia da forte influência da Malásia nos pratos da região? Os malaios formam um numeroso contingente de imigrantes, que começou a chegar por lá no século 19. Embora com forte base indonésia, a cozinha desse povo também recebeu influências da gastronomia indiana.

Eles formam um grupo étnico de religião islâmica, conhecidos por Cape Malay, e pouco se misturam com os africânder, os descendentes de europeus que vivem por lá. Preferem manter contato mais próximo com os nativos de cor negra, com quem se identificam desde os movimentos pelo fim do Apartheid.

E como é essa cozinha, afinal? Cheia de preceitos religiosos (nada de carne de porco), rica em sabores condimentados (os curries predominam) e visualmente atraente. Entre os temperos: anis, louro, cardamomo, pimentas, canela, cravo, coentro, alho, gengibre, cominho e masala. E tome samosas, kebabs, muito arroz colorido, cogumelos, dhal, roti, pimentões, batatas, tomates, repolhos e grãos. As sobremesas são tentadoras, com diversas compotas, bolinhos fritos, pudins e frutas tropicais. Os pães podem ser fritos, assados, doces ou recheados com frutas.

As mesas do povo Cape Malay são vibrantes, com muitos pratinhos e molhos. No dia-a-dia, eles comem em peneiras forradas com folhas de bananeira. No mês do jejum religioso do Ramadã, os banquetes noturnos são majestosos e congregam dezenas de pessoas.

E agora chegou a hora de pôr a mão na massa malaia. Escolhi algumas receitas que traduzem os sabores desse grupo étnico tão curioso e que, acredito eu, pouca gente no Brasil sabe da existência. Bom apetite e viva Cape Malay!

Couve-flor indiana com pickles de limão

Ingredientes
1 un de couve-flor em florzinhas
1 e 1/2 xícaras de farinha de grão-de-bico
2 colheres (chá) de óleo (mais extra para fritar)
2 colheres (chá) de sementes de coentro amassadas
1/4 colher de chá de páprica
2 colheres (chá) de sal
1 e 1/4 xícara de água fria

Preparo
1. Peneire a farinha, acrescente os temperos e por último a água em um único fio.
2. Bater a mistura no liquidificador ou na batedeira.
3. Deixar descansar por 1/2 hora na geladeira. Tirar e deixar em temperatua ambiente.
4. Mergulhar as florzinhas na massa e fritar em óleo quente.


Sambal de cenoura

Ingredientes
450 g  de cenoura descascada
1/2 colher (café) de cardamomo em pó
1 un de pimenta chili seca
1 colher (sopa) de gengibre fresco picado
1 dente de alho picado
1 colher (chá) de sal
1 e 1/2 xícaras de açúcar
1/2 xícara de água
3/4 xícara de vinagre branco destilado

Preparo
1. Rale a cenoura no ralo grosso.
2. Pique a pimenta. Misture em uma panela todos os ingredientes, menos o vinagre.
3. Leve a ferver em fogo baixo por 30 minutos.
4. Acrescente o vinagre e ferva por mais 30 minutos, ou até engrossar levemente.
5. Remova do fogo e refrigere por cerca de 1 hora.

Pickles de limão

Ingredientes
12 un de limão
1 L de água
1 colher (sopa) de sal
3 filés de anchova em conserva
3 dentes de alho
1 colher (chá) de feno grego
1 colher (chá) de curcuma
1 colher (chá) de pimenta chili
3 colheres (sopa) de curry em pó
4 colheres (sopa) de açúcar
3 colheres (sopa) de água
Óleo
1/3 xícara de mostarda em grão
2 folhas de louro

Preparo

1. Lave os limões e corte-os em 4 gomos. Cortar cada gomo em 4 fatias, no sentido da largura.
2. Coloque os limões em um bowl grande de plástico ou de vidro, cubra com a água e o sal e deixe descansar por 4 dias, em temperatura ambiente.
3. Ferva os limões na água por 15 minutos, ou até amaciar a casca.
4. Retire os limões da água  e coloque-os em um pote de vidro.
5. Processe  a anchova, alho, feno grego, curcuma, pimenta, curry e acrescente óleo aos poucos até obter uma pasta.
6. Ferva essa pasta e adicione as sementes de mostarda e o louro.
7. Derrme a mistura sobre os limões, misture o açúcar e a água, feche o pote e refrigere. Deixe descansar por 1 semana e sirva.


Posts Relacionados

  • Copa de VinhosCopa de Vinhos Em tempo de copa do Mundo aproveite os vinhos sul-africanos em degustação por bares e retaurantes da cidade até 11 de Julho....
  • Copa e cozinhaCopa e cozinha Tem gente que chia porque, em tempos de Copa do Mundo, fica difícil evitar o assunto futebol, pelo menos aqui no Brasil. E quem […]