El hijo del maestro


Parece que foi ontem, mas já faz 10 anos que o chef argentino Francis Mallmann estava à frente da cozinha do Figueira Rubaiyat quando o restaurante foi inaugurado em São Paulo. Vê-lo novamente à sombra da árvore centenária me encheu de alegria. Francis tem um jeito todo especial e é um daqueles chefs de quem sempre se pode aprender algo: sua excelência ao cozinhar e seu empreendedorismo realmente me motivam.

Francis comanda três casas de sucesso na Argentina e no Uruguai: o Patagonia Sur, em Buenos Aires, o 1884 Francis Mallmann, em Mendoza, e o Garzón, no balneário José Ignácio, próximo a Punta del Este. O chef, um dos mais prestigiados da Argentina – país com uma longa tradição de cozinheiros reconhecidos pelo grande público –, é também a estrela principal de programas de TV, inclusive da série “Los Fuegos”.

E foi justamente este programa a inspiração para que Francis publicasse o livro “Sete Fogos: Churrasco ao estilo argentino”, que acabou de ser lançado em português. Por esse motivo, Francis esteve recentemente no Brasil. Mas não é só isso: além da promoção da edição em português do livro, ele também está preparando a abertura do Trancoso Los Negros, no Hotel Jacaré do Brasil, no litoral baiano. Excelente notícia!

Para nós que adoramos churrasco, acho que esta é uma boa oportunidade para aprendermos um pouco com nosso “hermano”. No livro, que recebeu o prêmio de “Melhor Livro de Churrasco do Mundo”, do Gourmand Cookbook Award 2009, e o de “Melhor Fotografia”, no Prêmio James Beard 2010, o Oscar do mundo gastronômico, Francis mostra mais de 100 receitas preparadas com diferentes técnicas de fogo: churrasqueira, chapa, infiernillo, forno de barro, rescaldo, asador e caldeirão

Beterrabas ao murro com verduras, queijo de cabra e chips de alho, sopa de abóbora com alho e vinho branco, carne trançada com anchovas e azeitonas, lombo de porco com açúcar queimado, laranjas em calda e tomilho, polvo selado ao ferro fundido com páprica Múrcia, endívias caramelizadas com vinagre e o pão de chapa com cebola roxa e alecrim são algumas das sugestões do chef para incrementar o final de semana com os amigos.

Coisa simples, de bom gosto e ensinadas por um verdadeiro maestro. Recomendo a leitura e já estou pensando quando poderei fazer uma visitinha à adorável Trancoso e sua nova aquisição.


Posts Relacionados

  • Mi Buenos Aires Querido IIIMi Buenos Aires Querido III Francis Mallmann é um verdadeiro chef platino. Filho de pai argentino e mãe uruguaia, sempre foi um empreendedor. Aos vinte e poucos […]
  • Tegui: “a” novidade na mesa de BsAsTegui: “a” novidade na mesa de BsAs Dias atrás postei por aqui o guia da minha Buenos Aires – um listão de restaurantes, bares e vinhos que andaram arrancando suspiros nas […]