O que Newton disse… em seu blog pessoal


O que Newton disse… em seu blog pessoal

Olha, o post de hoje nada tem a ver com comida. Mas ganhei de presente um livro tão, mas tão bacana, que achei que ele merecia um destaque. Trata-se do Blogs do Além, uma coletânea de 99 textos publicados no blog homônimo – e mais tarde, em  coluna fixa na revista Carta Capital – assinado pelo publicitário Vitor Knijnik.

Os textos são “psicografados” a partir de mensagens de personagens memoráveis da história que passaram desta pra melhor, como Newton, Fernando Pessoa, Sartre, Michelangelo, Michael Jackson, Ayrton Senna, John Lennon, entre outros. O mais divertido é que esses posts ditados do além tratam de temas e acontecimentos dos dias de hoje, como se essas personalidades estivessem vivinhas da silva e comentando sobre episódios de nosso dia a dia.

É o caso, por exemplo, do capítulo destinado ao blog da existencialista francesa Simone Beauvoir. Em seu “diário virtual”, a filósofa comenta a sua ida ao cinema junto ao seu companheiro Sartre para assistir ao filme “Sex and the City 2”. De uma forma muito criativa, Vitor apresenta traços da personalidade e dos ideais de Simone em uma situação superatual. E com uma ironia bem humorada, discute o feminismo, com  trechos bem inteligentes, como o a seguir, em que Simone narra uma parte do filme.

“Em determinado momento, surgiu uma metáfora engenhosa. As quatro moças, lindas e ocidentalmente vestidas, estão sendo perseguidas num mercado árabe. Para escaparem e voltarem à civilização, elas vestem burcas libertadoras”.

Outro blog psicografado que achei bem interessante foi da Carmem Miranda. Novamente usando humor e um sarcasmo discreto, Vitor (ou a Carmem, como preferirem) fala sobre a americanização brasileira atual na pele de quem, justamente, foi criticada por ter voltado dos EUA americanizada. Um texto engraçado e, ao mesmo tempo, reflexivo sobre a necessidade da exportação da cultura brasileira para realmente nos tornarmos uma grande potência.

Uma certa crítica aparece também no capítulo destinado à escritora inglesa Agatha Cristhie. Famosa por seus livros de mistério, o seu post é, justamente, uma lamentação pelo fim dos mistérios, causado principalmente pelo advindo da internet. Sim, com a internet e a tecnologia, nada mais é um mistério na vida das pessoas. É só fazermos uma busca no Google e os mais indecifráveis suspenses são revelados.

Aliás, a tecnologia e internet são abordadas também na página de Shakespeare. Morri de rir com o post em que o dramaturgo e poeta inglês conta a “sua” experiência com o twitter e a sua tentativa de resumir suas obras em 140 caracteres. Imaginem que desastre, né?

Uma leitura fluida e divertida, que provoca a nossa imaginação e vontade de saber como seriam os blogs de tantas pessoas famosas que admiramos de alguma forma, mas não estão aqui para contar o que pensariam sobre o que anda acontecendo nos dias de hoje.

Ah, quem preferir ler os textos pela internet, o link do Blogs do Além é esse aqui.

Dica de leitura 2: o título do post remete ao livro “O que Einstein disse a seu cozinheiro”, um livro muito bacana que explica a química no dia a dia da cozinha, com receitas e dicas para cozinheiros amadores e profissionais.


Posts Relacionados

  • Quem é você?Quem é você? Os que acompanham este blog e principalmente os que interagem com ele já sabem que respondo a quase todos os comentários. É por eles […]
  • Dois mil e ouse… com Cristina Ramalho agora em BlogDois mil e ouse… com Cristina Ramalho agora em Blog Acabei de ler os primeiros posts do blog Ramalhetes, da jornalista e escritora Cristina Ramalho. E, sinceramente, é um prazer que […]