A 43 foi pra Vila

Pra quem gosta de boa comida e de experimentar produtos especiais, os Mercados Centrais (a maior parte públicos) são passagem obrigatória.

No caminho dos mercados, desde o Ver-o-Peso em Belém até o Mercado Público de Porto Alegre, está a culinária brasileira “in natura”.

Produtos especiais, frescos, de procedência identificada, exóticos, importados, artesanais, orgânicos, para atender todos os gostos e abastecer a maior parte das cozinhas específicas. Culinária, árabe, japonesa, espanhola ou brasileira, com certeza é no mercado que teremos a maior chance de encontrar o que queremos.

Mesmo sofrendo – de 30 anos prá cá –  a concorrência forte dos supermercados, os mercados se mantém vivos graças a um consistente e permenente público fidelizado.

Em Porto Alegre não é diferente. Ao lado da Prefeitura, no coração da capital gaúcha o Mercado Publico recebe diariamente uma grande quantidade de consumidores e visitantes. Desde o pão pro lanche das crianças até o sifisticado caviar do Irã, o mercado oferece.

Entre as centenas de bancas estão algumas de minhas preferidas. A 40, onde quando pequena ia comer sorvete na companhia de meus pais e irmãos, as bancas de peixe, verduras e carnes, mas tinha uma que era sempre parada obrigatória: A Banca 43 – onde encontrávamos o que pudessemos imaginar.

Alguns anos atrás a Banca foi vendida .. depois de mais de 50 anos fazendo parte das listas de compras de exigentes consumidores. Na realidade (ponto central do mercado) foi imediatamente comprada e colocada a funcionar com pequenas alterações. Eu particularmente senti falta do atendimento carinhoso que Claudio Klein (o proprietário) dava pessoalmente.

Numa de minhas passadas por Porto Alegre, visitando amigos na Vila Assunção (bairro dos vizinhos de Dilma Rousseff) me deparei com a “Von Aroma Espaço Gourmet”, um espaço que me lembrou em parte o antigo Armazém Riograndense (tipo o Lidador no Rio de Janeiro). Pra minha surpresa, encontro Claudio Klein e sua família pilotando esse agradável e interessante empreendimento. Melhor que no Mercado Público, a novo endereço, tem um espaço especial para vinhos e mantém – a preços de mercado público – aquelas especiarias, temperos, queijos, fiambres e mais um monte de novidades que – segundo Cláudio – não tinha espaço pra oferecer na banca 43. Entre produtos ingleses, franceses, africanos, alemães, espanhois, americanos e de todo o Mercosul, encontrei o famoso queijo da Serra da Estrela – uma antiga iguaria artesanal portuguesa que corre o risco de deixar de serproduzido. Outra surpresa foi encontrar antigos clientes e amigos que eu encontrava apenas no mercado.

Um novo point da gastronomia portoalegrense na Av. Pereira Passos nº 1152, a 50 metros da Av. Wenseslau, na Vila Assunção, entre o os bairros Cristal e a Tristeza. Vale a pena conferir .. fica a dica.


Posts Relacionados