Los Angeles: dois espaços muito agradecidos

Thank You For Coming
Em 1971, o artista Gordon Matta-Clark e seu sócio Carol Goodden fundaram no Soho, na esquina da Prince com Wooster, o Food, um restaurante que tinha uma proposta conceitual de fazer do jantar uma forma de arte. Virou um landmark (aliás o livro When Soho Was Young conta boas histórias do nascimento artístico do Soho). Este ano na California, admiradores do Food criaram uma proposta semelhante:  Thank You For Coming, um espaço experimental onde artistas  mesclam seus trabalhos com culinária artesanal. O ambiente, que é administrado por voluntários (mais california impossível),  é em parte uma galeria, em parte café. A cada mês um artista residente trabalha suas idéias e integra culinária à sua proposta artística, elaborando refeições para quem vai até lá.  Aberto de quarta a domingo para almoço e jantar. O cardápio e o visual troca a cada mês.

Café Gratitude
Café Gratitude é um restaurante que só poderia existir em Los Angeles: tem comida local, vegan, orgânica e um menu inacreditável de tão bicho-grilo… Mas viva o Café Gratitude!  A variedade e pureza dos ingredientes usados é inquestionável e saudável: você já se sente bem na primeira garfada. Alimentos alterados geneticamente são proibidos e é tudo sem gluten. Todos os pratos, saladas, sucos e entradas são descritos por uma frase que começa com “Eu Sou…” e aí seguem adjetivos positivos, edificantes e sugestivos:  eu sou maravilhoso (panini de beringela com crosta de milho e ervas, parmesão e molho marinara, ricotta de castanhas de caju, tomates, rúcula e majericão), eu sou efervescente (ginger ale da casa), eu sou de paz (bagel de cebola e gergelim com crèam cheese feito de castanhas de caju, nori “lox,” tomate, cebola, alcaparra e germinados), eu sou integral (bowl macrobiótico com vegetais marinhos, legumes, feijão azuki, kimchee, gomasio, quinoa ou arroz integral, tahini), eu sou puro (salada de couve com abacate, palmito, nori, pepinoi, cenouras, coentro, manjericão e tahini, com farelo de sementes de girassol germinadas e amendoas teriyaki). Surpreendentemente serve vinhos e cerveja. Super hippie mas totalmente do bem.


Posts Relacionados

  • Pop-up MarketsPop-up Markets A tendência pop-up já chegou à gastronomia e em Los Angeles está ganhando outra dimensão: pop-up markets. Como o The Secret Fork, uma […]
  • Cupcakes 24hCupcakes 24h Se você é do tipo que tem desejos incontroláveis de comer cupcakes às 11 da noite (e está em Los Angeles), Sprinkles é sua salvação! Eles […]