Croácia na mesa

Copa_Cozinha

A partir de hoje, aproveito o torneio de futebol que se aproxima para apresentar aqui um tour geográfico pelos países que disputam a Copa, mais a cozinha que representa cada uma das cidades-sedes. Para tanto, sejam bem-vindos à minha Copa & Cozinha. Esta semana teremos Croácia, Salvador, Alemanha e Recife, seguidos pelo vídeo-surpresa das sextas-feiras.

(1) Croácia

A cozinha croata tradicional reflete abertamente a diversidade cultural e as numerosas influências do país. Parte da culinária resulta da proximidade da Croácia com o Mar Adriático e as terras férteis do interior. Outras influências decorrem das sucessivas ocupações estrangeiras, que trouxeram seus sabores e receitas. Os croatas se orgulham muito de suas tradições gastronômicas e, embora existam tantas diferenças regionais, visitar aquele país é conhecer o uso de ingredientes frescos, grelhados e assados.

A partir de 2009 a Croácia ganhou impulso importante em sua culinária, com a chegada de novos chefs ao comando de restaurantes e hotéis que surgiram devido ao grande fluxo de turistas que visitam anualmente esse país europeu. Os novos chefs passaram a valorizar a cozinha tradicional croata, praticada durante séculos em pequenos vilarejos e nas comunidades das montanhas. Assim, voltaram às mesas tipos especiais de carnes, peixes e legumes.

Some-se a este fato a importância do cultivo de oliveiras e parreiras, que hoje colocam o azeite croata e o vinho croata entre os melhores do mundo. Outra curiosidade da Croácia é o hábito do “gablec”, espécie de lanche tradicional que fazem por volta das 10h30 da manhã, quase como um pequeno almoço –que, eventualmente pode até substituir o almoço. Esse costume vem desde o período comunista da antiga Iugoslávia, quando a população começava a trabalhar desde as sete da manhã. Entre os pratos do gablec estão delícias como “sarma” (repolho recheado com iguarias e páprica), goulash, pimentões, carnes assadas, sopas, babatas ao forno e cevapi (salsicha apimentada grelhada). De sobremesa, muitos e muitos bolos recheados com caldas de cerejas, morangos ou pêssegos.

A Croácia é de lamber os beiços.


Posts Relacionados

  • NaboNabo Nabos: compridos ou redondos E hoje vamos falar do nabo, essa raiz pouco valorizada no Brasil. Embora seja um alimento muito antigo, […]
  • Copa & Cozinha: AcarajéCopa & Cozinha: Acarajé Por que a FIFA vetou o acarajé? Absurdo total a FIFA ter proibido que baianas de acarajé vendessem seus quitutes nas áreas próximas […]