Pimentão amarelo

Pimentão belo, pimentão amarelo

Todos os tipos de pimentões pertercem à família Capsicum e são cultivados em diversas cores e matizes: vermelhos, verdes, marrons, tons de baunilha, roxos e os amarelos. Ah, como são belos os pimentões amarelos, principalmente quando surgem em formatos de sinos, com cabinhos dobrados e cor intensa! Poucos vegetais conseguem se sobressair de modo tão interessante nas comidas, nos pratos, nas receitas, nos sabores.

A origem dos pimentões é a America Central e o México (aliás, quantas dezenas de alimentos importantes o mundo deve aos centro-americanos?). Foram levados de lá para a Europa em 1493 e logo se espalharam pela África e países asiáticos.

Os pimentões amarelos (assim como os vermelhos) são frutos mais maturados do que os pimentões verdes. São ricos em fito-nutrientes e contêm onze vezes mais beta-caroteno do que os verdes, além de o dobro de vitamina C. (O amarelo só perde no quesito Vitamina A, mas que tal misturá-lo ao vermelho e ganhar uma super-dosagem?)

O pimentão amarelo tem sabor mais suave e levemente adocicado, se comparado aos outros “primos”. Deve ser consumido preferencialmente cru, para se manter mais nutritivo. Mas quem resiste a incluí-lo em assados, ou recheá-lo, misturá-lo a uma paella ou a tacos mexicanos? Faça um teste com uma simples salada de verdes, por exemplo. Um pimentão amarelo vai iluminar o prato. Ele parece ter luz própria. E será que não tem?

Pimentão recheado com carne moída

6 unidades de pimentões amarelos maduros
300 g músculo moído (2 vezes)
1 ½ de xícara arroz cru
1 unidade de cebola pequena ralada
3 dentes de alho
1 L de molho de tomate fresco
Azeite extravirgem
Manjericão, a gosto
Sal, a gosto
Pimenta-do-reino, a gosto

Corte as tampas dos pimentões, retire as sementes e lave-os por dentro.

Misture a carne, o arroz, a cebola, o alho, sal, pimenta e azeite extravirgem e, então, encha os pimentões com esse recheio. Não precisa ficar muito apertado, pois o arroz vai inchar.

Coloque as tampinhas e prenda-as com palitos de dente. Feito isso, leve os pimentões para cozinhar no molho de tomate, com galhos de manjericão. Mantenha a panela tampada, cozinhe por cerca de 40 minutos ou até que os pimentões estejam bem macios.

 


Posts Relacionados

  • Die kulinarischen brasilianischenDie kulinarischen brasilianischen Bem Simples - “Alemão, Alemoa e Alemanha” e “Mato Grosso” .   Os alemães tem um espaço privilegiado nos meus estudos e […]
  • MaxixeMaxixe Maxixe: vai encarar? Nos tempos da vovó, daquelas vovós que pareciam Dona Benta, o maxixe era muito popular nas mesas brasileiras. […]